autor

Caso Matheus Vitor: principal suspeito, agora, é considerado foragido da Justiça

 

O homem apontado como autor do assassinato de Matheus Victor Fagundes Soares é considerado, agora, foragido da Justiça. Depois de ser ouvido na delegacia de Caratinga duas vezes, e liberado junto do advogado, a Polícia Civil representou pela expedição de mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva. A Justiça acatou a solicitação e autorizou os mandados, mas o suspeito não foi encontrado na casa dele nesta sexta-feira (22).

 

 

De acordo com a Polícia Civil, exames periciais constataram que a arma entregue na delegacia pelo suspeito, nessa segunda-feira (18), um dia após o homicídio, não foi utilizada na ação criminosa. Conforme o delegado Sávio Moraes, a formalização de outros elementos também demonstrou a real dinâmica e motivação do assassinato.

 

 

Na tarde de hoje (22), o advogado do suspeito voltou à delegacia e formalizou a entrega de uma segunda arma de fogo, um revólver calibre .38, que será submetido a exames periciais.

 

 

Matheus Victor, de 28 anos, foi morto no início da madrugada desse domingo, com um tiro na cabeça, no bairro Santa Zita.

 

 

As investigações continuam.

H