EUA

Corpo da caratinguense que morreu durante travessia clandestina para os EUA chega ao Brasil para sepultamento

 

 

O corpo da caratinguense Márcia Cristina Dutra chegou ao Brasil nesta quinta-feira (24) para velório e sepultamento, que ocorreram na igreja do Santo Antônio do Alegre, distrito de Inhapim.

 

 

Márcia Cristina Dutra, de 36 anos, perdeu a vida tentando atravessar a fronteira entre o México e os Estados Unidos, no dia 20 de julho. Márcia passou mal e não conseguiu seguir viagem. Ela sofria de asma, o que pode ter contribuído para o agravamento da situação que a levou a óbito no meio do caminho. O corpo foi encontrado por socorristas na Califórnia e os familiares informados de sua morte no dia 21 de julho pelo Consulado Brasileiro nos Estados Unidos.

 

 

Com ajuda da população, a família conseguiu o valor necessário para o translado do corpo da caratinguense.

H